Caro Leitor,

Uma breve reflexão…

Em algumas situações da minha vida, o desânimo, a falta de fé, a falta de forças para caminhar e acreditar realmente me colocaram por água abaixo. Quando retratamos o desânimo na esfera profissional, são vários os motivos que nos levam a desanimar, conhecidos demais por vocês esses fatores, desde Chefes a estruturas organizacionais, falta de oportunidades, desemprego, e muitos outros.

A pergunta é: O que fazer para superar esta situação?

Não existe uma fórmula mágica, cada pessoa é “um mundo”, valores e crenças diferentes, estruturas emocionais singulares e específicas.

Mas o que faz com que o ser humano diante das situações adversas consiga dar a volta por cima?

Em alguns momentos da vida, ouvimos através das redes de comunicação, notícias de pessoas que diante de situações adversas conseguiram dar a volta por cima e se transformaram em “pessoas de sucesso”. Mas o que elas fizeram?! Será que eu também posso? Do que preciso para ter uma vida melhor? Do que preciso para ter um emprego melhor? Do que preciso para ser um pai/irmão/filho/mãe/tia, melhor?

É uma resposta que muitos tentam encontrar, e em momentos da minha vida também a procurei. O que mais me chamou a atenção é que meu maior desafio foi e sempre será em me conhecer. O meu “eu” imperfeito sujeito a dores e lutas, verdades e mentiras, crenças fortalecedoras e limitantes. Onde preciso realmente me conhecer, me compreender e assim achar as respostas dos meus questionamentos. Quero encorajar a ti, a buscar este autoconhecimento, onde permitirá você se conhecer, identificar os teus Valores, tendo como consequência o teu autodesenvolvimento, alinhando o teu Objetivo com os teus comportamentos. Tudo isso direcionado ao teu Propósito de Vida. A tua Missão como ser.

Me perdoe, mas não serei capaz de te responder à pergunta que tens imaginado. O único que poderá é você mesmo, no entanto, primeiro busque se encontrar. Mas como faço isso? Boa pergunta. Olhe para dentro de si, sem preconceitos, sem mentiras e assim encontrarás uma verdade voltada ao que tu és.

Deixo aqui uma frase muito usada pelo Filósofo e Doutor Mário Sérgio Cortella, em algumas de suas palestras: “A vida é muita pequena para ser curta”.

Não desperdice sua Vida. Seja um Protagonista, não permita que as pessoas tomem as rédeas de sua Jornada. Saia dessa mesmice e siga a sua caminhada rumo aos teus Maiores Objetivos e Propósito de Vida. Diante disso: “O que, como e quando irás fazer algo para mudar essa situação?”.

Forte Abraço, do seu prezado Coach

Carlos Cavalcanti: Life & Professional Coach; MBA Gestão de Empresas; Graduado em Marketing e Graduando em RH. Idealizador da Empresa Arena RH; Palestrante em Desenvolvimento Humano e Organizacional; Mercadólogo; Empreendedor; Consultor de Currículos.